Topo
Sexting

Sexting

Categorias

Histórico

Hoje é o melhor dia de 2019 para usar o Tinder

Felipe Germano

06/01/2019 04h00

Dizem que o amor não tem hora para acontecer. Só que ele tem. Principalmente em 2019, onde é quase impossível imaginar ser solteiro sem o Tinder, Happen, Grindr, ou qualquer tipo de aplicativo para conhecer pessoas e, claro, transar.

Eis que, se você quer se aproveitar desses cupidos digitais hoje é o dia perfeito. O primeiro domingo do ano, vulgo este exato momento, é a data em que registra mais matchs a cada 365 dias.

Montagem sob vetor de Makyzz / Freepik

Quem está dizendo isso são os números: no primeiro domingo de 2017, houve um aumento de 10% no número de matchs realizados na plataforma. Em 2018 esperava-se a data batesse 12%. Mas não. Foi mais que o dobro disso. No ano passado o número de casais formados subiu em 27% na domingueira de estreia. Agora os números podem ser ainda maiores, em 2018 houve um aumento de 41% no número de usuários do aplicativo, ou seja, tem muito mais gente pra jogo.

O motivo tem mais relação com as sete ondinhas que você acabou de pular do que se imagina. Acontece que toda essa história de resoluções de ano novo impacta seriamente o mundo das relações. É justamente na primeira semana do ano tendem a ir para a academia, fazer seus exames médicos e, isso mesmo, terminar aquele relacionamento meio meh.

O que os números mostram é que o primeiro domingo solteiro é justamente quando os ex-pombinhos tendem a cair na pista, e procurar novas bocas para beijar – geralmente usando seus aplicativos de celular.

Ah, e se quiser tirar ainda mais proveito da data, aqui vai uma dica extra: de acordo com o Tinder, o melhor horário para usar o aplicativo e conseguir bons resultados no Brasil é às 22h00 (do seu horário local). É exatamente na vigésima segunda hora do dia que que as pessoas estão mais online (e consequentemente rolam mais matchs). E, olha, isso não é só para este domingo não, a hora da pegação é válida para o ano todo. Já dá para colocar um despertador para tocar às dez da noite de 2019 inteiro.

Sobre o Autor

Felipe Germano é jornalista que escreve sobre Comportamento Humano, Saúde, Tecnologia e Cultura Pop. Para encontrar as boas histórias que procura contar, atravessa o planeta: visitou de clubes de swing e banheiros do sexo paulistanos à sets de cinema hollywoodianos. Trabalhou nas redações da rádio Jovem Pan, site Elástica, Revista Época e Revista Superinteressante - e agora colabora com o UOL.

Sobre o Blog

Sexo é o que há de mais antigo nesse planeta, e tecnologia nos traz o que há de mais moderno. Mesmo sem saber quem foi nosso antepassado mais antigo, dá para cravar: ele transava. Mas se engana quem acha que o sexo não mudou nada desde a primeira vez. A tecnologia evoluiu, e com ela nossos hábitos na cama (ou no chão, ou no celular...). Mas dá para juntar tudo, e divertir-se. Muito prazer, esse é o Sexting.